buscar
´

Uso da vírgula tem regras: veja quando usar ou não

O uso da vírgula sempre constituiu uma grande dificuldade para as pessoas que se propõe a escrever. Mas seu uso correto é indispensável para a compreensão do sentido das frases.

Educação
1 mês atrás
Uso da vírgula tem regras: veja quando usar ou não

Como fazer para utilizar da forma certa a vírgula? Vamos te dar algumas dicas neste artigo de como usar e de quando evitar o uso desse elemento gramatical tão importante quanto desafiador.

Como saber quando a vírgula é obrigatória?

O uso da vírgula na gramatica é obrigatório em determinados casos, proibido em alguns e facultativos em outros. O fato concreto é que esse elemento textual é muito importante para a compreensão do sentido, desde que seja utilizada da forma correta.

Mas a gramática portuguesa não é tão simples para que possamos resumir em uma ou duas regras o uso da vírgula. Sua riqueza traz como consequência uma complexidade muito grande. Por isso, além de saber as regras, é necessário conhecer a sintaxe.

Mas vamos fazer um pouco diferente do comum dos textos sobre vírgula que vemos por aí, vamos analisar quando o uso da vírgula está errado. Ou seja, quando ela não deve ser utilizada de forma alguma.

Uso da vírgula tem regras
Uso da vírgula tem regras

Primeira regra importante de onde não usar vírgula

A primeira regra importante de quando não se deve utilizar a vírgula entre o sujeito e o verbo. Por exemplo:

“A menina, foi andar de bicicleta.”

A vírgula, neste caso, foi utilizada de forma incorreta, pois nunca se deve separar o sujeito da ação que é praticada. Sujeito e predicado devem estar sempre juntos.

Segunda regra de onde não usar vírgula

Mas o sujeito e o verbo não é o único par que deve estar sempre unido. Outros dois elementos que nunca devem ser separados são o verbo e o objeto. Veja o exemplo:

“A menina foi andar, de bicicleta.”

Aqui também a vírgula está no lugar errado. Algumas pessoas pensam que a vírgula deve ser colocada em qualquer lugar da frase, só para permitir que se faça uma pausa ou respiração. Verbo e complemento devem estar sempre juntos.

Uso da vírgula tem regras
Uso da vírgula tem regras

Então, quando devemos utilizar a vírgula?

São muitas as situações em que a vírgula deve ser utilizada. Uma delas é para separar elementos que tenham a mesma função sintática. Por exemplo, quando temos substantivos do sujeito composto. Veja:

“Maria, André, Lucas e Joana foram ao parque.”

Neste caso, a única forma de separar os nomes é utilizando a vírgula. Não estaria correto utilizar a conjunção “e” em cada nome. O mesmo se aplica ao objeto direto:

“Fui ao mercado comprar leite, pão, arroz e feijão.”

Separar orações intercaladas

A vírgula também serve para separar as orações intercaladas. Mas para entender isso nada melhor do que um exemplo prático:

“O assalto, disse o policial, foi planejado.”

Neste caso, era preciso separar as orações por vírgulas, senão o sentido seria incompreensível. Muito embora, fosse possível alterar a ordem e dispensar o uso da vírgula:

“O policial disse que o assalto foi planejado.”

Uso da vírgula tem regras
Uso da vírgula tem regras

A vírgula também separa as conjunções

A vírgula também é utilizada para separar as conjunções adversativas. Mas que raios de elemento é esse? Veja no exemplo abaixo:

“Ela estava bem ali, contudo, não me escutava”.

Aqui também a vírgula é necessária para separar o elemento textual que vai dar um sentido oposto à ideia principal. O mesmo se aplica para as conjunções conclusivas. Veja:

“Eu não estava me sentindo bem, então, fui embora”.

A vírgula serve para isolar o vocativo, o aposto e as datas

Outro uso que se faz da vírgula é o isolamento do elemento vocativo e também do aposto. Calma, apesar do nome estranho é bem simples de entender:

“Paulo, olhe aquela borboleta.”

Esse é o vocativo, quando a pessoa evoca o interlocutor antes de lhe dizer algo. Já o aposto, é utilizado para explicar ou definir algo, e também deve estar entre vírgulas:

“João, professor de geografia, falou para os alunos diminuírem o barulho.”

No caso da data a regra segue o mesmo princípio:

“São Paulo, 8 de março de 2021.”

Uso da vírgula tem regras
Uso da vírgula tem regras

Separar orações subordinadas

Esses usos da vírgula que mencionamos acima são conhecidos de muitas pessoas, e de alguma forma são até intuitivos. Mas quando o assunto é orações subordinadas, as dúvidas começam a aumentar.

A vírgula serve para separar as orações subordinadas adverbiais causais, condicionais, temporais e concessivas. Vamos dar alguns exemplos para deixar mais fácil de você compreender:

“Lúcia viajou para Santa Catarina, pois sua mãe faleceu.” (oração subordinada adverbial causal)

“Pedro vai voltar, se a casa estiver limpa.” (oração subordinada adverbial condicional)

“Vou para Paris, quando tiver dinheiro.” (oração subordinada adverbial temporal)

Essas são algumas regras sobre a vírgula que vão ajudar muito você no dia a dia. Mas, claro, será preciso praticar e estudar sempre.

Uso da vírgula tem regras
Uso da vírgula tem regras

Dicas importantes para aprender um novo idioma
O aprendizado acontece por meio de repetições, isso serve para qualquer coisa que você for fazer, até se tornar automático. Para entendermos melhor, você lembra quando...
Você pode ser criativo
Portanto a criatividade é exposta do modo que você se permite, às vezes você acha que aquela situação ou sentimento que está vivendo pode ter sido único, de modo que...
Fazer o download de sistema de gestão escolar pode melhorar vidas
Com a evolução da tecnologia, hoje todos os meios devem estar conectados, prova disso é que um bom software de sistema de gestão escolar melhor a vida de todos, começando dos...
Conheça o modelo de gestão militarizada nas escolas públicas
O novo modelo foi desenvolvido através do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, sendo como uma ação do Ministério da Educação, em parceria com o Ministério da...
Pra que serve o Enade?
O dia da prova do Enade está se aproximando, e antes disso é bom entender tudo sobre o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes. Saiba para que serve, quem participa e confira...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...